ExpoMais 2022 é encerrada com mensagem de otimismo sobre o futuro do país

Ao deixar o palco do auditório Jayme Antônio Zanatta, na Associação Empresarial de Criciúma (Acic), nesta quinta-feira, 10, Luís Artur Nogueira encerrava a sexta edição da ExpoMais com uma mensagem de otimismo sobre o futuro do país. Na avaliação do economista, o Brasil será fértil em novas oportunidades de empreendedorismo e desenvolvimento, com perspectivas de crescimento econômico ainda maiores a partir de 2024.

“Continuo otimista e enxergando oportunidades. A tendência para a economia mundial é desacelerar em 2023 e isso terá um reflexo também no Brasil. Mas a partir de 2024, a economia deve melhorar no mundo e, com isso, o Brasil voltará a crescer em torno de 2%”, estima.

Para Nogueira, os grandes motores da economia brasileira continuarão sendo o agronegócio, a mineração, a construção civil, o comércio e o setor de serviços. Esses dois últimos setores, impulsionados pelo empreendedorismo. “Com os benefícios sociais, a recuperação dos empregos e a inflação sob controle, aumenta o poder de compra da população”, pontua.

Na avaliação do economista, manter esse cenário, no entanto, dependerá da política econômica do próximo governo, do controle de gastos públicos, da Reforma Tributária e do futuro das taxas de juros, fatores que influenciam nos investimentos.

A participação de Nogueira fechou a programação iniciada na terça-feira, 8, com o preview exclusivo para acadêmicos, e que contou nos dois dias seguintes com palestras, aplicação de labs e apresentação de cases, além da realização da Mostra de Inovação e Tecnologia.

Disrupção

O ciclo de palestras da sexta edição foi retomado na tarde desta quinta-feira, com o futurista Carlos Piazza transitando pelos eixos principais do evento: Marketing, Administração, Inovação e Sinergia, ao abordar o tema “Mindset da Disrupção”.

“É muito importante discutirmos essa chegada abrupta do futuro sobre nós, pois não fomos criados para olhar para o futuro. De um lado, temos muita tecnologia e, de outro, a humanidade, numa relação intrínseca. A tecnologia está 100% a serviço de melhorar a vida humana. Mas pensamos nisso?”. Essa foi uma das provocações deixadas por Piazza.

Na sequência, ocorreram o diálogo sobre Inovação e Tecnologia, o lab “Como impulsionar seu negócio com o Marketing Digital!” e a apresentação dos cases das empresas Lohn Bier e Signora.

Tupy

Na primeira palestra da noite, o executivo Fernando de Rizzo explanou sobre os desafios da sociedade, estratégia e execução da Tupy, também com um olhar voltado à tecnologia. O executivo apresentou projetos pautados na sustentabilidade, desenvolvidos pela empresa, como o reaproveitamento de rejeitos para a geração de energia e produção de fertilizantes.

Avaliação

“A ExpoMais é a demonstração de que é perfeitamente possível empresas, setor público e academia, num projeto de cocriação, trabalharem de forma colaborativa, buscando conhecimentos estratégicos que possam ser aplicados pelas empresas, instituições de ensino e sociedade”, considera o presidente da Acic, Valcir José Zanette.

A sexta edição da ExpoMais teve apresentação de Sicredi e Diamante e contou com a cocriação de Associação Empresarial de Criciúma (Acic), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de CriciúmaEsucriInstituto Federal de Santa Catarina (IFSC) campus CriciúmaPrefeitura Municipal de Criciúma, Satc, Sebrae, SenacSesi/Senai, Unesc, Unibave e UniSul.

Andréia Limas / Deize Felisberto – Assessoria de Comunicação Expomais 2022

Compartilhe a informação