Na Expomais, Alexandre Pellaes vai propor uma viagem pelo mundo do trabalho

Convidado para a quarta edição da Expomais, que ocorre nos dias 25 e 26 de setembro na Associação Empresarial de Criciúma (Acic), o pesquisador Alexandre Pellaes estará pela primeira vez na cidade, mas conta que se preparou para o evento e suas expectativas são muito positivas.

“Pesquisei um pouco o conteúdo dos últimos anos, a relação de palestrantes desta edição e acho que está super rica a composição do painel, os temas ligados à inovação, à colaboração, à transformação que acontece, de uma forma que a gente consiga levar conhecimento, reflexão de uma maneira positiva”, avalia.

“Sem ficar ‘marqueteando’ as mudanças do mundo, mas muito mais nos ajudando a compreender, entendendo que nós todos estamos juntos nesta jornada de desenhar o futuro, a partir do momento que a gente compreende as mudanças de forma mais profunda. Estou muito feliz em participar do evento”, arremata.

Conforme Pellas, o público pode esperar da palestra uma conversa bem-humorada e provocativa, abordando elementos e mudanças com relação à carreira profissional, a como mudou o significado do trabalho, como as estruturas foram se transformando.

“Hoje temos convivendo modelos muito antiquados de controle, onde o chefe manda e as pessoas são obrigadas a obedecer, e estruturas completamente diferentes, como a WL Gore, uma empresa que tem 12 mil funcionários e não tem cargo e não tem chefe. Vou falar sobre modelos de gestão, estruturas de liderança. Será uma hora de conversa que vai levar à reflexão, a mudar a forma de atuar no dia a dia”, adianta.

Jornada

Pellaes vai falar sobre o mundo do trabalho, levando as pessoas a uma jornada que começa com uma revisita ao significado do trabalho, como foi mudando ao longo da história da humanidade.

“Desde que era algo penoso e se fazia simplesmente porque era obrigado desde a escravidão, depois como se torna um sofrimento, mas com algumas possibilidades de libertação, como um mecanismo de navegação social, e hoje muito mais como uma forma de expressão, de mostrar quem você é através do seu trabalho. E de contribuição, de deixar a sua marca no mundo, claro, sem perder o sustento e o financeiro”, descreve.

“Vou mostrar como evoluiu o papel do trabalho, de só financeiro para o social e psicológico. Como a gente caminha para a liderança compartilhada, participativa. Vou falar sobre propósito, de como podemos usar as empresas como plataforma para sermos pessoas melhores”, finaliza.

(Assessoria de Comunicação – Expomais 2019)

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *