Luciano Pinheiro comandará o preview da Expomais

Nos dias 25 e 26 de setembro, a Associação Empresarial de Criciúma (Acic) receberá todas as atividades programadas para a quarta edição da Expomais. Mas, para os estudantes, o evento começa já no dia 24, às 19 horas, com a palestra “Como aprender a empreender”, ministrada pelo diretor técnico do Sebrae/SC, Luciano Pinheiro.

“É a primeira vez que participo de um evento dessa magnitude, e minha expectativa é muito grande, não só em entregar uma boa palestra para os participantes, mas também aprender com quem está indo à Expomais. Nós temos um número de palestrantes de alto nível e que poderão abordar o empreendedorismo sob vários aspectos e isso se torna, com certeza, um caldeirão fantástico de ideias, de insights para quem quer empreender”, diz Pinheiro.

Além de comandar o preview exclusivo para estudantes, ele participará de um dos painéis da Expomais. “Não tenho uma palestra tradicional, porque acredito que o empreendedorismo é muita transpiração e pouca inspiração e quero abordar isso sob esse ponto de vista, do olhar mais cru, mais direto, menos romântico da ideia de empreender. E nem por isso é de desistir”, explica.

“Quero mostrar o empreendedorismo como ele é, para que as pessoas percebam que é uma escolha de vida, que tem seus pontos fortes e fracos, mas que vale a pena. A partir daí, construir realmente elementos cruciais de empreender, uma rota onde os riscos e incertezas fazem parte, mas os resultados que nos esperam são fantásticos”, afirma.

Empreendedorismo na escola

Pinheiro ressalta que o empreendedorismo está começando a ser trabalhado nas instituições de ensino, porém, entende que o conceito precisa ser melhor explorado. “Algumas já estão mais avançadas, com programas há muitos anos, outras timidamente e outras ainda resistindo. No final das contas, a maioria das pessoas não entende muito o que é o empreendedorismo e como tratá-lo, porque ele tem várias escolas, e isso acaba atrapalhando a visão dentro das instituições de ensino”, considera.

“De qualquer maneira, os esforços estão aí e acho que não tem volta: as instituições precisam cada vez mais falar sobre empreendedorismo porque é o futuro. Não estamos mais vendo as possibilidades de emprego, mas a possibilidade de as pessoas empreenderem na própria carreira”, pontua.

Ele elenca uma diferença em falar para estudantes. “Um grande número de estudantes tem pouca experiência com o empreendedorismo em relação a um público formado por empresários, empreendedores há dez, 20 anos. Mas isso não significa que eles não estão ávidos a aprender, prontos a absorver rapidamente as ideias e os conceitos que ali estão. Gosto muito de falar para estudantes porque entendo que neles está a base das próximas gerações de empreendedores que moverão a economia do país”.

(Assessoria de Comunicação – Expomais 2019)

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *